Outdoors cobram aprovação do piso salarial e jornada de 30 horas para a enfermagem

Para pressionar o Senado Federal a aprovar o Projeto de Lei nº 2564/2020, que visa criar o Piso Salarial Nacional para a Enfermagem, o Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos do Município de Fortaleza (SINDIFORT), em parceria com o Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde no Ceará (Sindsaúde- CE), o Sindicato dos Enfermeiros do Estado do Ceará (Senece), a Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce), a CUT Ceará e a CTB Ceará, espalhou uma série de outdoors por Fortaleza.

A mobilização acontece em plena semana da enfermagem, em alusão ao dia 12, data internacional de homenagem ao segmento profissional. A propositura federal prevê salário inicial de R$ 7.315,00 para enfermeiros, R$ 5.120,00 para técnicos de enfermagem e de R$ 3.657,00 auxiliares de enfermagem e parteiras.  Além disso, durante a tramitação, foi incluído no texto a proposta de jornada de 30 horas semanais para os trabalhadores do setor.

Na avaliação das entidades classistas, a pandemia reforçou o quanto a Enfermagem é essencial para a garantia da vida de todas e todos. Valorizar esses profissionais é garantir demandas históricas a quem coloca a própria vida em risco em nome da coletividade. Como diz a arte da campanha: “Os heróis da pandemia não querem ser mártires! Piso salarial e 30 horas para a enfermagem já”.

DEIXE UM COMENTÁRIO