Moção de Repúdio à Ação Antissindical da Confederação dos Servidores Públicos do Brasil-CSPB

Os delegados e delegadas da 13º Plenária Nacional da CUT, repudiam a  CSPB (Confederação dos Servidores Públicos do Brasil) que, mediante  sua prática de apropriação do Imposto Sindical, estabeleceu uma política  sistemática e antissindical de ataques à CONFETAM, no sentido de interferir  e na tentativa de inviabilizar que os Servidores Públicos Municipais continuem  esta entidade verdadeiramente classista de luta e CUTista.


Como por exemplo,  em assembleia convocada para os filiados de nossa entidade em 16 de junho de  2011, às 10h, na sede da CSA em SP, que tinha como objetivo a Ratificação  de Fundação da CONFETAM/CUT. A CSPB invadiu o espaço com dezenas de  representantes impedindo nossa Assembleia.


Não satisfeita ainda, infringindo  totalmente as regras da organização sindical, elegeu ilegitimamente uma  direção provisória objetivando registrar a CONFETAM em nome deles. A  intervenção da CSPB deve ser caracterizada como usurpadora e indevida,  até porque a CONFETAM é uma confederação orgânica à CUT. Toda ação  da CSPB visa destruir nossa entidade que vem sendo duramente construída  desde 2000.

Moção aprovada pela 13ª Plenária da CUT “Waldemar de Oliveira”, em São Paulo


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO