Sindicato de Barreira repudia perseguição por parte do prefeito

O prefeito de Barreira, Antônio Peixoto Saldanha (PMDB/CE)  cassou a liberação de um diretor do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, da vice-presidente do Sindicato e de uma funcionária concursada cedida. Além disso retirou o desconto consignado do Sindicato da folha de pagamento do funcionalismo. A direção sindical repudia a perseguição e a forma truculenta de agir do prefeito municipal.


Depois de 10 anos isso não ocorria, segundo afirma a diretora Carmem Silva, que denuncia que tudo isso é tão somente perseguição ao Sindicato, que luta contra a implantação do Fundo de Previdência Municipal.


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO