Regional Sertão Central prepara sindicatos para um 2018 de muitas lutas

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Canindé (SINDSEC) sediou nesta terça-feira, 16 de janeiro, o encontro da regional Sertão Central da Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce).

Na pauta da atividade, os desafios da Campanha Salarial Unificada 2018, em um ano em que a conjuntura para a classe trabalhadora se torna ainda mais sensível, haja vista que medidas como a Reforma Trabalhista e Emenda 95, do congelamento dos gastos públicos nacionais, estão em plena atividade.

De acordo com a presidente da Fetamce, Enedina Soares, que coordena as atividades, é importante os sindicatos terem diretores sindicais que sejam atuantes para combater as investidas dos prefeitos que vem dificultando a vida dos servidores; inclusive, lembrou os últimos dois anos, em que em alguns municípios, os servidores tiveram que fazer greve para poder garantir os salários.

Participam da caravana Nadja Carneiro, secretária de administração e finanças da Federação; o advogado da entidade, Antônio José Gomes; e a técnica da subseção do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) instalada na Fetamce, Rosilene Cruz.

Também foi discutido a reorganização financeira dos sindicatos diante dos problemas colocados pela reforma trabalhista para o recolhimento do imposto sindical; campanha de sindicalização em massa; discussão sobre dados econômicos, a fim de instrumentalizar as negociações e pauta de reivindicações da campanha salarial de diversas categorias que se organizam no serviço público municipal.

A Secretária de Políticas Sociais da Fetance e presidente do Sindsec, Aurenice Santiago, destacou que o encontro regional foi positivo para o fortalecimento das ações dos dirigentes sindicais, que acumularam mais estratégias de combate aos retrocessos, enfatizando a importância da Fetamce, que muito tem contribuído com os sindicatos.

DEIXE UM COMENTÁRIO