Redução da jornada em enfermagem gerará novos postos de trabalho, aponta Dieese

O DIEESE do Distrito Federal apresentou em dezembro um estudo com o possível impacto no número de profissionais se a Lei das 30 horas para a enfermagem for aprovada. Segundo o DIEESE serão 91,67 mil novos contratos de enfermeiros e 186.96 de técnicos e auxiliares de enfermagem, passando dos atuais 1.169.77 contratos para 1.448.41 contratos, um incremento de 22,27 % de enfermeiros e 24,66 % de técnicos e auxiliares. O DIEESE calcula ainda que no setor privado serão 604 mil os profissionais de enfermagem beneficiados pela redução de jornada. A luta pela jornada de trabalho de 30 horas para trabalhadores da área da saúde é uma reivindicação histórica.


Algumas categorias profissionais da seguridade social já conquistaram essa jornada máxima, porém, há uma década a Enfermagem brasileira luta para aprovar o Projeto de Lei do Senado 2.295/2000, mais conhecido como PL 30 Horas, que estabelece a jornada máxima de 30 horas semanais para os enfermeiros/as, técnicos/as e auxiliares de enfermagem. Esta jornada é recomendada pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) da Organização das Nações Unidas (ONU) argumentando que é o melhor para pacientes e trabalhadores da saúde do mundo inteiro.

Fonte: Dieese

Assessoria de Comunicação – FETAMCE
Siga-nos no Twitter > @FETAMCE


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO