Professores de Senador Pompeu fazem manifestação e paralisam atividades por 48 horas


Dezenas de professores da rede municipal de ensino de Senador Pompeu realizaram, no último dia 10, uma manifestação pelas ruas da cidade. O ato foi idealizado pelo Sindicato dos Servidores Municipais do município. A categoria parou durante 48 horas.


A presidente do Sindicato, Jane Sousa, disse que o objetivo da manifestação foi reivindicar o reajuste da categoria. Segundo ela, passado mais de três meses, o prefeito de Senador Pompeu, Maurício Pinheiro, continua sem efetuar o pagamento conforme o piso nacional dos professores.


“Estamos aqui para reivindicar o reajuste de 7,64%, é uma lei federal e o Município de Senador Pompeu deve apenas cumprir. O gestor municipal continuar negando”. Para ela, está faltando respeito com a classe dos educadores: “Precisa tratar os professores com dignidade e seriedade”.


A sindicalista Rosaline disse que teve várias reuniões com representantes da Secretaria de Educação, mas todas às vezes disseram que estavam fazendo estudos. Acrescenta ainda que o prefeito disse que tinham condições de fazer o reajuste.


O prefeito Maurício Pinheiro enviou um projeto para a Câmara Municipal, mas retirou o projeto de pauta. Pinheiro chegou a parcelar em seis vezes o salário referente ao mês de dezembro de 2016, deixado pela gestão passada.


A secretária de combate ao racismo da Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce), Ninivia Campos, juntamente com a coordenadora regional da entidade na região do Sertão Central, Adriana Carvalho, marcaram presença nas atividades e mobilizações.


Source: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO