Prefeitura e Sindicato de Servidores de Poranga iniciam negociações salariais

No último dia 24 de janeiro, o Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Poranga (SINDSEPP) e a Prefeitura da cidade debateram, em mesa de negociação, as demandas da campanha salarial 2019 dos trabalhadores municipais.

No encontro que contou com a presença do prefeito Dr. Cárlisson e da presidente da representação laboral, Isabel Luiza Clara, foi garantido o reajuste salarial do mínimo, a ser implantado na folha de pagamento de janeiro.

Também ficou estabelecido que será publicada portaria para instituir o reajuste dos agentes de endemias, que passa a ser fixado em R$ 1.250, de acordo com o piso salarial nacional da categoria atualizado no fim do ano passado. Ficou pendente o aumento dos agentes de saúde, que também gozam deste direito.

Quanto ao reajuste da tabela vencimental do magistério, ainda será aprofundado o debate, junto à Secretaria de Educação, referente à atualização do Plano de Cargos e Carreiras do grupo. O indicativo é de corrigir tal tabela para aplicação em 2020. A reposição salarial do piso dos professores foi levantada pelo sindicato, mas a gestão disse ser necessária análise de impacto financeiro, com vistas a atender ao percentual 4,17%.

A progressão para quem adquiriu o nível superior será encaminhado pelo setor jurídico da prefeitura, que irá avaliar quais os instrumentos legais para proceder o atendimento da demanda.

Quanto ao projeto de implementação da progressão funcional de 3%, que deveria ser instituída a partir de primeiro de março, a gestão informou que seguirá os critérios estabelecidos em 2017 e que irá atualizar e aprovar o instrumento para 2019, sendo retroativo a data citada acima.

Atendendo demanda da entidade sindical, o Executivo confirma a divulgação na internet do calendário de pagamento dos servidores.

Ficou negociado, por fim, o pedido de fiscal para controle de transportes e a reativação do contracheque online.

DEIXE UM COMENTÁRIO