Nota Oficial: Não à redução dos salários de servidores públicos

A Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce)  repudia, de forma veemente, a mobilização do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que articula, junto a partidos e à presidência da República, a elaboração de uma proposta prevendo a redução dos salários de servidores públicos durante o período da crise do coronavírus no país.

De acordo com o que vem sendo discutido, a medida atingiria trabalhadores dos três poderes, Executivo, Legislativo e Judiciário, e das três esferas, Federal, Estadual e Municipal.

A Fetamce, assim como conjunto do movimento sindical brasileiro, rechaça qualquer medida que tenha por princípio jogar para a classe trabalhadora a conta com a pandemia da Covid-19.

Os trabalhadores formam a parcela mais frágil desta crise. Assim, fazer economia para os cofres públicos com o salário do funcionalismo é cruel e, nós diríamos também, ilegal.

Que os setores produtivo e governamental, que têm reservas financeiras, arquem com as consequências gerais da gestão financeira desta crise. Os trabalhadores, há muito tempo, já estão sustentando suas famílias mesmo com a carestia, a escassez e com a miséria, derivadas das políticas desastrosas dos últimos governantes e, agora, já estão no limite.

Denunciaremos e resistiresmos a toda proposta que passe por redução salarial. Os trabalhadores devem ficar atentos a cada ação desastrosa da classe política.

O momento é de unidade, força e luta!

 

Direção da Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO