Nota de apoio e solidariedade aos professores paranaenses

Em nome dos servidores municipais do Ceará, a Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce) manifesta seu apoio e solidariedade aos professores do Estado do Paraná, representados pela APP-Sindicato, que ocupam o prédio da Assembleia Legislativa do Paraná e ali realizam uma greve de fome.

Os trabalhadores resistem à tentativa do opressor governador Ratinho Junior de realizar uma prova de concurso presencial para professores temporários, no meio da pandemia, que reunirá 90 mil candidatos, colocando-os sob risco de contaminação.

Tal situação foi o estopim para a classe, que luta em defesa da vida, da educação pública de qualidade e pelos seus direitos, mais uma vez atacados pelo governo do Estado.

A gestão estadual já implantou uma série de arbitrariedades, como a militarização das escolas de cima para baixo, à revelia da vontade da comunidade, prejudicando sobretudo os estudantes do noturno e impondo um regime despótico nas unidades escolares.

Os municipais do Ceará apoiam integralmente os profissionais que hoje enfrentam as atitudes autoritárias de um governo que não dialoga e que demonstra desprezo pela vida.

Por fim, exigimos o cancelamento da prova anunciada e reforçamos o clamor dos educadores paranaenses para que haja a imediata abertura do diálogo com a APP-Sindicato, com a prorrogação dos atuais contratos e a busca das melhores soluções para a educação pública no Estado do Paraná.

Fortaleza, 27 de novembro de 2020.

DEIXE UM COMENTÁRIO