MPCE dá 48 horas para prefeitos apresentarem plano contra o coronavírus

Ceará não tem casos confirmados da doença, mas investiga 20 suspeitas

O Ministério Público do Ceará (MPCE) notificou, na tarde desta quinta-feira (12/03), todos os prefeitos do estado para que eles apresentem planos municipais de contingência contra o coronavírus. O órgão estabeleceu prazo de 48 horas para que as medidas sejam entregues pelos gestores.

O Ceará não tem casos confirmados do novo coronavírus, conforme boletim divulgado nesta quinta pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesa). O Governo do Ceará liberou R$ 45 milhões para ações de combate à doença. O Estado investiga 20 suspeitas.

A capital Fortaleza apresentou plano de contingência para enfrentamento ao coronavírus na última segunda-feira (9). Segundo o documento, oito hospitais e seis Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) municipais irão realizar assistência especializada inicial contra a Covid-19.

Também nesta quinta, a vice-procuradora-geral de Justiça, Ângela Gondim, e o titular da Secretaria da Saúde do Ceará, Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho, o Dr. Cabeto, debateram o assunto.

Os planos pedidos pelo MPCE devem seguir as normas já publicadas pelos Governos Estadual e Federal. O MP também sugeriu ao secretário que uma reunião entre os três Poderes fosse agendada para a criação de um protocolo único para as instituições públicas do Estado seguir. O objetivo é prevenir a proliferação do vírus entre os servidores e no atendimento aos cidadãos.

DEIXE UM COMENTÁRIO