Capistrano – Cerca de três milhões devem ser devolvidos para o Instituto de Previdência


Cerca de R$ 3 milhões. Essa é a quantia que deve ser devolvida para o Instituto de Previdência dos trabalhadores municipais de Capistrano, Regional do Maciço de Baturité. O montante havia sido retirado do fundo em setembro do ano passado, a fim de ser investido em empresas em Santa Catarina. As informações são do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Capistrano, que havia movido ação na Justiça em novembro, pedindo cancelamento do investimento e a devolução do dinheiro. Hoje (8) a Justiça determinou a devolução do dinheiro ao Instituto e que o investimento fosse cancelado.


Emílio Cunha, presidente da entidade sindical, informou que o Sindicato e o Conselho do Fundo de Previdência de Capistrano foram contra o investimento desde o início, assinando uma declaração contra o ato, no ano passado. O sindicalista disse ainda que, em assembleia geral, realizada em novembro de 2013, os servidores declararam a transação como arriscada, motivando o Sindicato a entrar na Justiça pelo cancelamento e a devolução do dinheiro para o erário municipal.


O Sindicato informou que irá acompanhar o caso até que os recursos sejam devolvidos ao Instituto de Previdência.

Campanha Salarial


Emílio analisou como positiva a Campanha Salarial de 2014 em seu município. Ele ressaltou as conquistas das reposições salariais de 8,32% para todos os professores, retroativa a janeiro; 17% para os auxiliares administrativos e de escritório; e de 21% para motoristas, agentes administrativos e operadores de computador. O projeto de lei contendo os reajustes foi aprovado no dia 21 de fevereiro, e os servidores passaram a receber seus salários reajustados no quinto dia útil de março.


O presidente destacou ainda as conquistas das gratificações de R$ 600 por mês para os motoristas e de R$ 120 para as auxiliares de enfermagem. Além disso, ele continua, “conquistamos mais 20% de adicional de periculosidade para os profissionais de laboratório, totalizando hoje 40%”.

Núcleo gestor


Outra importante conquista destacada pelo Sindicato foi o processo eletivo para o Núcleo Gestor das unidades escolares. “Batalhamos por isso há dois anos. Havíamos colocado na reformulação do Plano de Carreiras, em 2011”, disse Emílio Cunha. Segundo ele, em novembro do ano passado foi assinado o projeto de lei que versa sobre as eleições e, no dia 18 de março, foram realizadas as eleições, com a posse ocorrendo na quinta-feira passada (3). Oito diretores e oito coordenadores foram eleitos para os próximos quatro anos.


“É uma das conquistas mais importantes do Sindicato. Estamos democratizando a educação no município, e Capistrano é o primeiro município da região do Maciço a realizar eleição para o núcleo gestor”, vibrou Emílio.

Clube do servidor


Emílio disse ainda que, a partir da próxima semana, terá início a construção do Clube Recreativo dos Servidores, em um terreno na rua José Adarias Lopes, no Centro. O espaço terá piscina para crianças e adultos, salão de jogos e bar, sendo destinado aos filiados e familiares.


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO