Agentes de saúde e de endemias e outras categorias alcançam reajuste em Quixadá

Os servidores públicos de Quixadá alcançam as primeiras conquistas da Campanha Salarial 2019. De acordo com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais da cidade (Sindsep), os trabalhadores que recebem o salário mínimo tiveram a remuneração corrigida para R$ 998. Inicialmente, a Prefeitura negou o direito ao retroativo a primeiro de janeiro, mas após manifestação do sindicato, foi garantida a retroatividade do benefício.

Outros dois grupos funcionais que tiveram os proventos reajustados foram os agentes comunitários de saúde e os agentes de combate às endemias. As categorias passam a receber o piso salarial nacional instituído pela Lei Federal 13.708/18, fixado em R$ 1.250,00.

Ainda de acordo com a Lei que beneficia os ACE e ACS, ratificada em Quixadá após demanda do sindicato, fica garantido que em 2020 o valor dos salários será de R$ R$ 1.400 e em 2021 de R$ 1.550,00.

Nesta semana, o Sindsep informa que está prevista mais uma rodada de negociação com a gestão de Quixadá, para dar continuidade ao debate sobre as demandas das demais categorias do serviço público local. No total, a representação laboral apresentou 54 reivindicações referentes a todas os funcionários, que foi protocolada no Gabinete do prefeito Ilário Marques.

“E para o sucesso acontecer é preciso que as categorias juntamente com o SINDSEP se mantenham mobilizados”, destacou o sindicato em nota publicada em seu site.

DEIXE UM COMENTÁRIO