Servidores de Hidrolândia recusam proposta da Prefeitura de apenas 2% de reajuste

Os professores municipais de Hidrolândia participaram de assembleias realizadas nos dias dois e quatro de agosto. Nas atividades realizadas pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Hidrolândia (SINDSERM), legitimo representante da categoria, foi discutida a proposta de reajuste salarial apresentada pela Prefeitura da cidade, que foi de apenas 2%.
O índice de reposição na remuneração da categoria não chegou a ser discutido com o sindicato, sendo então uma proposta unilateral apresentada pelos gestores municipais. Ainda assim, o assunto foi amplamente debatido nos encontros laborais e, como encaminhamento, a categoria decidiu “devolver” a proposta, rejeitando o percentual.
Os servidores então marcaram novas agendas de organização e buscam diálogo com a prefeitura da cidade, no sentido de retirar as negociações do impasse em que se encontram. O Sindicato também busca analisar as contas da cidade, para que possa haver uma discussão transparente sobre até onde se pode avançar. O pleito do grupo é de 6,81% de reajuste, conforme portaria do Ministério da Educação.

DEIXE UM COMENTÁRIO