Juventude atuante e fortalecida com Encontro promovido pela CUT. Fetamce marcou presença

O encerramento do II Encontro da Juventude Trabalhadora da CUT-CE foi marcado por proposições e encaminhamentos para organização do segmento. Mais de sessenta jovens, dos diferentes ramos cutistas, estiveram reunidos. A FETAMCE marcou presença com sua delegação de jovens, à frente Enedina Soares.

Propostas para o fortalecimento dos jovens no movimento sindical marcaram o encerramento do II Encontro da Juventude Trabalhadora da CUT-CE, realizado nos dias 20 e 21 no balneário do Sindicato dos Hoteleiros, no Pacheco. “Tivemos uma participação qualificada da juventude do campo e da cidade, representando os diversos segmentos cutistas”, destacou o Secretário Estadual da Juventude da CUT-CE, Ari Ferreira.


Segundo ele, os mais de sessenta participantes discutiram e encaminharam propostas sobre Mobilização da Juventude; Sindicalização da juventude; Criação de Secretarias de Juventude nos sindicatos, ramos, federações e conferedações.


“As palestras do primeiro dia ofereceram subsídios para o debate nos grupos. A avaliação é muito positiva”, destaca Ari. O terceiro encontro da Juventude foi uma das propostas aprovadas, como forma de dar continuidade à formação e unidade ao grupo. “A idéia é que o próximo encontro seja feito durante três dias, para que possamos aprofundar o debate sobre os temas ligados à Juventude”, apontou.

Trabalho decente X Capitalismo foi o tema da primeira mesa de debates do II Encontro Estadual da Juventude da CUT-CE. As questões foram expostas por Anísio Melo, da direção nacional da CUT; e De Assis Diniz, presidente do Instituto do Desenvolvimento do Trabalho (IDT) e ex-presidente da CUT-CE. “O trabalho decente é algo que deve estar na nossa pauta. O jovem que atua no mercado de trabalho não passa dos sete anos em sala de aula, em média. É preciso pautar a juventude nos seus sindicatos, pressionar o governo e garantir a manutenção do jovem na escola”, defendeu De Assis.


Para o secretário de Juventude da CUT-CE, Ari Ferreira, está sendo de importância a presença da juventude dos diversos sindicatos cutistas, tanto do campo, quanto da cidade, no evento. “A Saúde do Trabalhador e o combate à violência e drogas são questões abordadas neste primeiro dia”, apontou Ari. 


Durante a abertura, o presidente da CUT-CE, Jerônimo Nascimento, ressaltou que a preocupação da CUT no processo de formação dos sindicalistas. “É fundamental a participação da juventude nos espaços de poder”, destacou. Jerônimo reforçou que o encontro é também para discussão da Plataforma da CUT para as eleições 2010. “Esse documento aponta um novo momento do movimento sindical. Sabemos fazer a mobilização, a greve, mas também sabemos propor. Essa é a síntese do que queremos para o Brasil, para o Ceará”, apontou.


Também participaram da mesa de abertura, a secretária de formação da CUT-CE e da Escola Nordeste, Lúcia Silveira; Enedina Soares, da Fetamce; Erivanda França, da Fetraece; Anderson Campos, assessor da Secretaria de Juventude da CUT nacional; Afonso Tiago, da coordenadoria de Juventude da Prefeitura Municipal de Fortaleza; Eugenedes, da coordenadoria de Juventude do Estado.


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO