Ramo dos Municipais discute táticas de enfrentamento ao golpe

Foi aberta na manhã desta segunda-feira (16) no Hotel Nacional, em Brasília, a reunião da direção nacional da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam/CUT). Durante três dias, dirigentes da entidade, das federações filiadas, dos sindicatos da categoria e trabalhadores da base discutirão a organização do Ramo dos Municipais para o enfrentamento ao golpe parlamentar que destituiu a presidente Dilma Rousseff, abrindo caminho para a destruição de direitos do povo brasileiro e para a entrega do patrimônio da Nação ao capital internacional.

A deputada federal Erika Kokay (PT-DF) é a convidada do seminário de abertura do evento, que discutirá os “Desafios e perspectivas do financiamento da Educação brasileira”, na parte da manhã. A tarde, o ex-ministro dos governos Lula e Dilma, Gilberto Carvalho, analisa a conjuntura nacional. Também participam da mesa de debates as secretárias nacionais da CUT Graça Costa (Relações do Trabalho), Junéia Batista (Mulher Trabalhadora) e Jandyra Uehara (Políticas Sociais e Direitos Humanos).

Na terça-feira (17), os trabalhos começam às 9h, com a abertura da reunião da direção nacional da Confetam/CUT. Na pauta, o panorama da organização dos municipais, com exposição do secretário nacional de Organização da CUT, Ari Aloraldo, e a Campanha Salarial Nacional Unificada 2018. Às 14h, a secretária-geral da CUT Ceará, Carmem Santiago, fala sobre a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e a Conferência Nacional Popular de Educação (CONAPE 2018). Às 15h, os participantes debatem os conflitos de base com a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e o pedido de registro sindical da Confederação Nacional dos Trabalhadores Públicos Municipais (Conatram/CUT) ao Ministério do Trabalho. Às 16h, serão recompostos os cargos na direção da Confetam/CUT em função de pedidos de renúncia.

Na quarta-feira (18), às 9h10, a secretária de Finanças da Confetam/CUT, Paula Leite, apresenta proposta de financiamento da entidade no atual cenário de extinção do imposto sindical. Também serão debatidas a Campanha contra a Inadimplência, apresentado o levantamento atualizado do Ramo por estado e cobrada a contribuição política e financeira de sindicatos e federações para viabilizar as ações da Confetam. Às 11h, o tema será Campanha Nacional de Sindicalização Unificada.

A reunião prossegue às 14h, com exposição da secretária de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora da Confetam/CUT, Irene Rodrigues, sobre a Mesa de Negociação do SUS e as novas portarias do Ministério da Saúde. Às 15h30, os servidores municipais discutem a Campanha Nacional da CUT pela Anulação da Reforma Trabalhista, encerrando com Informes do Ramo, das 16h30 às 17h.

Veja o programa

16 de outubro – Segunda
09h – Abertura
09h30 – Seminário Nacional: “Desafios e Perspectivas do Financiamento da Educação Brasileira”
12h – Almoço
14h – Análise de Conjuntura Nacional
Gilberto Carvalho – Ex-ministro dos governos dos ex-presidentes Lula e Dilma
Graça Costa – Secretária nacional de Relações do Trabalho da CUT
Junéia Batista – Secretária nacional da Mulher Trabalhadora da CUT
Jandyra Uehara – Secretária nacional de Políticas Sociais e Direitos Humanos da CUT
17h – Coffee Break e encerramento

17 de outubro – Terça
09h – Abertura da reunião da direção nacional da Confetam
09h10 – Panorama da organização dos municipais
Ari Aloraldo – Secretário nacional de Organização da CUT
11h – Campanha Salarial Nacional 2018
12h – Almoço
14h – BNCC – Base Nacional Comum Curricular e CONAPE 2018 – Conferência Nacional Popular de Educação
Carmem Santiago – Secretária-geral da CUT-CE e vice-presidente da Federação dos Servidores Municipais do Ceará (Fetamce)
15h – Conflitos de base com a CNTE
– Confetam x Conatram
16h – Apresentação de renúncias e a recomposição de cargos na direção;
18h – Encerramento
19h – Jantar

18 de outubro – Quarta
09h – Inicio da reunião da direção da Confetam
9h10 – Apresentação de propostas para financiamento sindical
Paula Leite – Secretária de Finanças da Confetam/CUT
Campanha contra a inadimplência;
Levantamento atualizado do Ramo por estado;
Contribuição política e financeira de sindicatos e federações para viabilizar as ações da Confetam;
11h – Campanha Nacional de Sindicalização Unificada
12h – Almoço
14h – Mesa de Negociação do SUS e as novas portarias do Ministério da Saúde
Irene Rodrigues – Secretária de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora da Confetam/CUT
15h30 – Campanha Nacional da CUT pela Anulação da Reforma Trabalhista
16h30 – Informes
17h – Encerramento
Retorno dos dirigentes para os estados

Serviço:
Reunião da direção nacional da Confetam/CUT
De 16 a 18 de outubro de 2017, no Hotel Nacional
SHS Quadra 1 – Bloco A – Asa Sul, Brasília-DF

Fonte: Confetam/CUT

DEIXE UM COMENTÁRIO