Professores de Tabuleiro do Norte dão continuidade à greve

Em assembleia realizada no dia 16 de maio, os professores de Tabuleiro do Norte decidiram dar continuidade à greve, tendo em vista continuar pressionando o executivo municipal, mesmo depois de a prefeitura ter entrado com processo alegando invalidade da greve.


O Sindicato dos Servidores Municipais de Tabuleiro do Norte aguarda audiência de dissídio coletivo, marcada para o dia 25 de maio, ajuizada junto ao junto ao Tribunal de Justiça do Ceará, que, segundo o advogado Valdecy Alves, é o único órgão do judiciário cearense com competência para julgar todas as ações que dizem respeito à greve no Ceará.


Partindo dessa argumentação de que o órgão competente para julgar casos de servidores em greve seja o Tribunal de Justiça do Ceará, o advogado argumenta que a decisão do Tribunal local é ilegal. A tese é de que não se pode invalidar uma greve, tendo em vista que esta é um direito constitucional.

Com informações de www.valdecyalves.blogspot.com.br

Assessoria de Comunicação – FETAMCE


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO