Prefeitura de Trairi bloqueia salários de professores em greve

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipal de Trairi denuncia que a prefeitura bloqueou o pagamento dos salário dos professores grevista do município em retaliação ao movimento de greve, que já dura 44 dias.


Segundo o sindicato, a decisão é uma violação aos direitos constitucionais de greve dos servidores, que entraram com representação criminal na Procuradoria dos Crimes contra a Administração Pública (PROCAP), órgão do Ministério Público Estadual, juntamente com a Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (FETAMCE) e os municípios de Tabuleiro do Norte e Crateús, no dia 25 de abril.


Após a denúncia, foi convocada uma audiência para tratar da questão, realizada na tarde desta quinta-feira (03/05), porém, sem acordo fechado com a prefeitura, que não aceita pagar o reajuste de 22,22 fixado pela Lei do Piso do Magistério.

Assessoria de Comunicação – FETAMCE


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO