Prefeitura de Canindé não negocia e professores interditam a Rodovia CE 257


Os professores em greve do município de Canindé decidiram, na manhã desta quinta-feira (31), fechar por alguns minutos a CE 257, na entrada da cidade, no bairro Canindezinho.


A ação tenciona ainda mais os ânimos na cidade, tendo em vista que, de acordo com a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Canindé SINDSEC, Aurenice Santiago, o chefe do executivo municipal não está negociando com a categoria e teria entrado com ação no Tribunal de Justiça do Ceará pedindo a paralisação de greve dos servidores da educação.


No entanto, os trabalhadores permanecem mobilizados chamando a atenção do governo para que a pauta, já devidamente protocolada na prefeitura, possa ser atendida pelo município.


Em busca de melhores condições de trabalho e de um salário digno, está sendo necessário os educadores se esporem ao extremo e ainda colocarem suas vidas em risco, fato ocorrido na manhã desta quinta-feira, quando uma mobilização em defesa de seus direitos na CE 257, os professores foram ameaçados por dois homens que trafegavam em seus veículos que chegaram a sacar suas pistolas para os trabalhadores.


Os sevidores pleiteiam um reajuste que devolva as perdas salariais ocorridas ao longo dos últimos anos para os professores, que, através de uma defasagem de reajuste para os graduados e pós-graduados, tem ocasionado a quase equiparação dos salários de profissionais com nível médio e com nível superior. 


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO