1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
 
RSS Youtube Twitter Facebook
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras


Rede Sindical

  02/02/2017 

Quase três anos depois, acusado de matar trabalhadora vai a julgamento

Quase três anos depois, o assassino da auxiliar de modelagem Maria Auxiliadora Silva Colares, vítima de violência contra a mulher no dia 10 de junho de 2014, vai finalmente a julgamento.

Marcos Edcleber Oliveira Machado, único acusado do crime, e com fortes indícios de ser o autor do delito, será enfim julgado pelo Tribunal Popular do Júri. A audiência acontecerá no dia seis de fevereiro, às 13h30, no Fórum Clóvis Beviláqua (R. Des. Floriano Benevides Magalhães, 220 - Edson Queiroz).

Na Ação Penal contra o acusado, a Juíza Valencia Maria Alves de Sousa Aquino afirmou categoricamente que estava “convencida da existência do crime e dos indícios suficientes de que o réu seria o autor”. O inquérito, que conta com testemunhos, exames cadavéricos e as próprias contradições do indiciado, deixa apontado o delito.

Maria Auxiliadora, mais conhecida como Auci, foi encontrada morta no porta-malas do seu carro no dia 11 de junho, provavelmente no dia seguinte ao crime, como mostram os registros funerários. O veículo foi abandonado ao lado da Igreja São José, no bairro Vila Peri.

Marcos Edcleber era namorado da sobrinha da vítima. Auci foi vista pela última vez acompanhada do acusado, que confirmou ter acompanhado a comerciante até sua casa e ter mantido relações sexuais com ela. Além de não apresentar álibi, Marcos só retornou para o encontro da namorada no fim da noite, período durante o qual teria cometido o assassinato.

O crime que vitimou Auxiliadora chocou familiares, amigos e lideranças populares das lutas sindical e feminista. Com grande repercussão, o fato mobilizou protestos e revolta de diversos segmentos, que se solidaram com o caso e exigiram a punição do responsável.

E, sendo assim, por ocasião do julgamento, o movimento de mulheres, mais uma vez, está convocando os defensores dos direitos humanos e das mulheres a marcarem presença no Fórum e exigir a responsabilização do culpado.

Última atualização: 02/02/2017 às 11:42:20
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente esta notícia

Nome
Nome é necessário.
E-mail
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.
código captcha

Código necessário.

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

FETAMCE - Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará
R. Padre Barbosa de Jesus, 820, Fátima - Fortaleza/Ce  |  CEP 60040-480