II Jornada do Trabalho Decente: mais de 150 servidores debatem saúde no trabalho


Na manhã desta quinta-feira (22/11), cerca de 150 servidores de todos os municípios cearenses estiveram presentes no segundo dia da II Jornada Estadual do Trabalho Decente, em Fortaleza. O evento é promovido pela Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal no Estado do Ceará (FETAMCE).


Iniciada na noite de ontem, quarta-feira (21/11), a II Jornada Estadual do Trabalho Decente chegou ao segundo dia, nesta quinta-feira (22), com a palestra “Saúde no Trabalho é Qualidade de Vida”, ministrada pela doutora em psicologia e professora da Universidade de Fortaleza (UNIFOR) e da Universidade Estadual do Ceará (UECE), Regina Heloísa Maciel.


As discussões se centraram na necessidade de se promover uma política de combate ao assédio moral contra servidores públicos no exercício de suas funções, assunto que é tema de uma campanha promovida pela FETAMCE e que deve ser lançada ainda na noite de hoje. Segundo Regina Maciel, o descumprimento da legislação trabalhista brasileira é a grande barreira que impede a aplicação das políticas que prevêem o combate a práticas danosas aos trabalhadores, inclusive o assédio moral.


“A legislação brasileira é muito boa, até mais que as de outros países da América latina. O problema é que ela não é aplicada como deveria. Tem que ter um órgão que fiscalize de fato o trabalho tanto nas empresas privadas como nas instituições públicas, a fim de coibir práticas que prejudiquem os trabalhadores.”, afirma a professora.


Durante a palestra, Regina Maciel, mostrou dados que revela o crescimento dos casos de assédio moral praticados contra trabalhadores no estado do Ceará. De acordo com Maciel, o avanço dos números está relacionado com o desenvolvimento econômico cearense nos últimos anos e a crescente geração de empregos no estado.


É exatamente pensando neste crescente número de casos de assédio moral no Ceará que a FETAMCE lança ainda nesta quinta-feira (22), às 20h, a campanha Assédio Moral – Eu Digo Não. A idéia é conscientizar servidores de todo o estado da necessidade de se combater toda e qualquer prática que atente contra a moral e a segurança dos trabalhadores.


Na tarde de hoje, os participantes poderão assistir a mesa Redonda “Assédio Moral Também faz Mal a Saúde” e acompanhar o lançamento da revista da FETAMCE, às 20h.

Assessoria de Comunicação – FETAMCE

comunicacao@fetamcetmp.org.br


Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO