Fetamce endossa a Campanha Trabalhador Vota em Trabalhador

Não basta somente denunciar e não votar nos políticos golpistas, que não só rasgaram a Constituição, mas também destruíram direitos. É preciso mudar a orientação do voto, evitando que outros representantes da elite anti-povo cheguem ao poder.

Hoje, mais da metade do Congresso Nacional é composta de empresários ou representantes das elites. Eles mandam na política e decidem os rumos da vida dos brasileiros, votando projetos que geralmente prejudicam a classe trabalhadora.

O problema é que os próprios trabalhadores dão votos para candidatos que, quando eleitos, só trabalharão contra a maioria da sociedade.

É por isso que a Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce) compartilha e endossa a campanha Trabalhador Vota em Trabalhador, criada pela Agência Abre Latas.

A mobilização parte do princípio de que é necessário que a classe trabalhadora brasileira participe conscientemente das eleições de outubro deste ano, apoiando e elegendo representantes legítimos de seus interesses.

É hora de eleger uma grande banca de trabalhadores provenientes do movimento sindical e social. Eleger quem vai lutar contra a destruição de direitos.

Tá ruim, mas pode piorar!

O último Congresso eleito foi o mais conservador desde a redemocratização do país. Mas o próximo pode ser pior ainda se os trabalhadores não se organizarem.

Os movimentos protofascistas que cresceram nos últimos anos lançarão uma legião de candidatos ultrarreacionários nas eleições deste ano. Há um grande risco de serem eleitos candidatos que levarão a cabo a política de ódio e de destruição de direitos.

Se você acredita que essa onda de ódio irracional precisa ser barrada, participe da campanha! Conscientize seus amigos e familiares! Curta e compartilhe!

Abaixo, conheça os materiais:

Infográfico:

1534178098abridordelatas-infografico-bancadas

 

DEIXE UM COMENTÁRIO