Fetamce conectada com o futuro – balanço politico, organizativo e plano de metas

Fazendo um balanço político e organizativo da gestão 2008/2011, a presidenta Sebastiana Rodrigues, Netinha encerrou a programação da manhã deste sábado do 7º Congresso Estadual da Fetamce, que acontece em Beberibe/CE. A mesa foi composta por Maria Ozaneide, José Valter, Carmem Silva e Jerônimo do Nascimento (CUT/CE). Netinha fez uma retrospectiva dos avanços e conquistas da entidade, nos últimos três anos, destacando o nascimento da Fetamce há mais de 20 anos, de forma robusta para defender e fazer a luta dos trabalhadores do serviço público municipal do Ceará. “Um trabalho de equipe, buscando sempre superar os obstáculos e os desafios. A luta é feita por todos nós, e sempre compartilhamos com todos os sindicatos filiados”, ressaltou.


Visivelmente emocionada, Netinha disse ao final dos debates, com a efetiva participação dos delegados, “demos demonstração de força ao longo desses anos. Agora estamos inaugurando um novo ciclo, com novos desafios”, completou.


Na apresentação feita pela presidenta da Fetamce foram destacados os principais projetos da entidade, ao longo dos últimos três anos, como a luta em defesa do Piso do Magistério, pelo  PCCR com inúmeras iniciativas para desencadear o processo de elaboração, implantação e reformulação dos Planos nos municípios, considerando os avanços em relação ao PCCR da educação e a urgência em implantar o PCCR para a saúde e o setor técnico administrativo das prefeituras.


Lembrou o desafio da comunicação que continua a ser uma tarefa do futuro para a Fetamce, devendo ser vista como um processo continuado e sistemático passando a exigir de forma permanente o aprimoramento dos meios e do conteúdo. Atualmente a Fetamce está constituída por 131 sindicatos filiados distribuídos em todas as regiões  do Estado e comprou um imóvel para funcionamento da sede da instituição.


A criação das 10 Regionais da Fetamce foram conquistas da Gestão 2008 e 2011 e tem possibilitado um grande aprendizado institucional e político para a entidade. São elas: Região Metropolitana; Região Crateús; Região Sertão Central; Região de Itapipoca; Região do Maciço de Baturité;  Regiãoda Serra da Ibiapaba;  Região do Cariri; Região de Sobral;  Região do Vale do Jaguaribe e Região do Iguatu.


Finalmente, a Fetamce tem dado especial atenção à política de formação continuada dos seus dirigentes sindicais. Esta área tem recebido um investimento político e financeiro significativo nos últimos anos, assegurando a realização de cursos, seminários, oficinas e outras atividades similares. Após os debates dos delegados, a mesa foi encerrada, com destaque para o futuro da Fetamce, que se prepara para alavancar de maneira decisiva, questões como: projeto de comunicação, política de formação continuada, estruturação vertical e horizontal orgânica, inovação para sustentabilidade e campanhas coletivas de promoção e defesa de direitos.
Fonte: Fetamce

DEIXE UM COMENTÁRIO