Após greve, servidores de Iguatu arrancam conquistas

Foto: SPUMI. Uma mostra do momento de greve nos últimos dias.

A pressão surtiu efeito. Após ser deflagada greve na última semana, os servidores de Iguatu, liderados pelos Sindicatos de Servidores e Professores da cidade arrancaram na noite de ontem, 13 de março, grande parte da pauta de reivindicações.

A prefeitura apresentou como proposta: 7% de reajuste linear para o magistério; 2.9% de reajuste linear para todas as categorias de nível fundamental, médio e superior; 2% de progressão horizontal automática sem avaliação para 100% dos servidores; implementação de 30% do adicional de periculosidade para as categorias que ainda não recebiam.; e implementação gradativa do adicional de insalubridade.

Ficou agendada para a próxima semana uma nova mesa de negociação com o prefeito para tratar sobre as demais reivindicações e assinatura de acordo extrajudicial.

Diante disso, na manhã de hoje (14), os trabalhadores voltaram a se reunir em assembleia e aprovaram a suspensão do movimento paredista.

Com informações do SPUMI

DEIXE UM COMENTÁRIO